Caparzo – Uma das primeiras vinícolas na região de Montalcino

A Caparzo foi fundada em 1960 por Elisabetta Angeline, no período que Montalcino começou a ser visto como um terroir de grande potencial para vinhos. A Caparzo junto a mais outras quatro empresas foram as pioneiras na região. Todas as vinícolas tinham em comum proprietárias mulheres, que ficaram conhecidas como as damas de Montalcino. 

A vinícola ganhou reconhecimento internacional através do Brunello La Casa, que foi o primeiro Brunello produzido com uvas de somente uma vinha (single vineyard). Além de muito pontuado, ficou mundialmente conhecido através do filme “Cartas para Julieta” que foi gravado na vinícola. A empresa ainda conta com mais duas vinícolas. A Borgo Scopeto, na região de Chianti Clássico e a Doga Delle Clavule, na região de Maremma.

Com o passar do tempo adquiriu também as vinícolas Borgo Scopetto e a Doga Delle Clavule. Com isso a Caparzo abrange os 3 sub terroirs da Toscana (mar, planície e montanha).

A Borgo Scopetto está localizado no coração de Chianti Clássico, região montanhosa de altitude entre 340 a 420 metros. Além de produzir Chianti Galo Nero, produz também um Super Toscano de alta qualidade que é o Borgonero. A vinícola ainda conta um hotel de altíssimo luxo onde é possível se fazer uma perfeita experiência de enoturismo.

A Doga Delle Clavule é a vinícola que foi incorporada mais recentemente ao grupo. Fica em Maremma, região de costa. Essa vinícola produz Morellino di Scansano, um vinho muito típico da região (corte de sangiovese com alicante bouschet) e também o vermentino, uma das uvas brancas mais apreciadas na Itália.

As origens do nome Caparzo ainda são desconhecidas. Segundo alguns, o nome deveria derivar, como mostram os mapas antigos, de Ca ‘Pazzo ; segundo outros, o termo deveria derivar do latim Caput Arsum e indicar um “lugar tocado pelo sol”.

Conheça os Vinhos da vinicola do mês Caparzo:

Deixe uma resposta

×