Novos rótulos Viña Indómita

Os rótulos dos vinhos Indómita foram modernizados e estão cada vez mais carregados de cultura. Você sabia que os desenhos dos rótulos foram inspirados nos geoglifos gigantes do Deserto do Atacama? Pois vamos com um pouco de história…

O Deserto do Atacama, um dos mais áridos do planeta, era o lar da cultura Nazca, que entre 200 a.C. e 600 d.C. criou um grupo de geoglifos gigantes, visível desde certa altura, formando figuras animais, humanas e geométricas.

É possível que os nazcas quisessem que seu trabalho fosse visto do céu porque eles consideravam as alturas como a morada dos deuses, uma ideia que muitas civilizações compartilharam ao longo da história.

De acordo com arqueólogos japoneses, o uso de figuras de Nazca mudou com o tempo. No início, elas foram criadas por razões puramente ritualísticas, mas depois foram colocadas ao longo do caminho que conduzia até Cahuachi, a capital da cultura Nazca e o centro de peregrinação de primeira ordem.

Fundada nos anos 2000 a Viña Indómita rapidamente consolidou-se entre as principais vinícolas chilenas. Sua adega é muito moderna e funciona toda por gravidade, o que permite aliar grande qualidade a preços competitivos. A vinícola vem investindo cada dia mais na produção sustentável e ganhou recentemente o selo de vinícola amiga do meio ambiente sustentável. Além disso, foi lançado há pouco tempo o seu primeiro vinho orgânico, o Quintus.

Ilustração dos geoglifos do Deserto do Atacama. Fonte: Viña Indómita

Deixe um comentário

This site uses cookies to offer you a better browsing experience. By browsing this website, you agree to our use of cookies.
×